Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras não descarta emissões em euro ou libra–IFR

RIO DE JANEIRO, 23 Mar (Reuters) – O diretor financeiro da Petrobras, Almir Barbassa, disse que a companhia não descarta fazer emissões em euros ou libras esterlinas, e acrescentou que não tem planos de voltar ao mercado de dólar novamente neste ano, segundo o IFR, serviço financeiro da Thomson Reuters.

A companhia emitiu bonds de 7 bilhões de dólares em quatro tranches em fevereiro.

Segundo ele, a Petrobras continuará com sua já conhecida estratégida de fazer uma emissão por ano, apesar de grande, em dólar, mais em linha com outras grandes companhias globais.

“Parece uma boa estratégia até o momento” disse Barbassa ao IFR, depois da última transação que viu demanda de 25 bilhões de dólares, em mais de 700 contas.

Com um plano de investimentos de 224,7 bilhões de dólares para 2011-2015, a necessidade de financiamento da companhia aumenta ainda mais, mas Barbassa disse que após um período de quatro anos a companhia terá mais caixa e será capaz de focar no repagamento de débitos acumulados.

Dívidas a vencer agora totalizam 88 milhões de dólares mas, com 30 bilhões de dólares em caixa, a Petrobras tem espaço para decidir onde estão as melhores oportunidades e quando acessar diferentes mercados, disse Barbassa.

A necessidade financiamento dependerá basicamente dos preços do petróleo, mas em uma base anual eles deverão provavelmente oscilar entre 7 bilhões e 12 bilhões de dólares. Por deter o grau de investimento, a emissora estará ativa nos mercados de capitais, mas não tem planos de reabrir a emissão recente.

Para ver o noticiário completo do IFR, acompanhe:www.ifrmarkets.com

(Joan.Magee@thomsonreuters.com)

(Natalie.Feary@thomsonreuters.com)