Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras importa 80 mil barris/mês de gasolina este ano

Segundo a presidente da estatal, Graça Foster, em dezembro a importação de combustível não deve cair

A presidente da Petrobras, Graça Foster, disse nesta quinta-feira que a companhia importou neste ano, em média, 80 mil barris de gasolina por mês. Em novembro, o nível é de 88 mil a 90 mil barris.

Segundo ela, a tendência para dezembro, quando o consumo historicamente aumenta devido às férias escolares e às viagens, é que esse nível cresça ainda mais ou se mantenha estável. “Cair não vai”, afirmou ela, após palestra no Encontro Nacional: Mulher, Ciência e Tecnologia, promovido pela Petrobras e pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

Leia também:

Leia também:

Graça nega queda de braço entre a Petrobras e o governo

Ambev ultrapassa de novo Petrobras e se torna empresa mais valiosa na América Latina

Pasadena – A presidente da estatal disse também que a Petrobras está à disposição do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados para explicar a compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. “Somos empresa estatal, com atividades enormes. Sempre que convocados vamos falar, explicar, justificar e demonstrar”, afirmou.

De acordo com a presidente, a Petrobras está “pronta para demonstrar” as razões do negócio. “São momentos diferentes. Há oito, dez anos, a demanda por refinarias, por refinados, era muito grande, as margens estavam muito boas. Hoje temos outra situação fora do Brasil. No Brasil, vocês estão vendo o consumo de combustíveis decorrente do progresso de nossa economia. São momentos diferentes que estão sendo apreciados”, afirmou a executiva.

A refinaria americana custou 1,18 bilhão de dólares, valor 28 vezes maior do que o pago em 2005 pela ex-proprietária, a trading Astra, da Bélgica.

Leia também:

Petrobras pretende vender refinaria no Texas, diz WSJ

(com Estadão Conteúdo)