Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras estuda pedir indenização a empreiteiras

Segundo jornal, esta seria uma alternativa para aliviar o caixa da estatal e dar continuidade a projetos

A Petrobras está estudando a possibilidade de pedir indenização às empreiteiras que pagaram propinas para firmar contratos com ela. Esta seria, segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, uma alternativa para a estatal aumentar seu caixa sem precisar emitir dívida no mercado e continuar a tocar os projetos, especialmente os de exploração do pré-sal. Um grupo de trabalho da estatal e da Advocacia Geral da União (AGU) estaria trabalhando em cima dessa opção, enquanto a Petrobras faz uma força-tarefa para conseguir calcular a dimensão das perdas com a corrupção e a sobrevalorização de ativos.

As indenizações, contudo, enfraqueceriam as já debilitadas empreiteiras e há dúvidas se elas conseguiriam arcar com as indenizações cobradas da Petrobras e com as multas dos acordos de leniência da Controladoria Geral da União (CGU). Por isso, chegou-se a pensar em aceitar ativos ou ainda ações das empreiteiras como forma de pagamento. A ideia de o governo ser detentor de uma fatia de companhias que prejudicaram a empresa não é bem vista no mercado.

Leia mais:

TCU exige mudança em licitações da Petrobras

Petrobras confirma que fechará refinaria de Okinawa, no Japão

Petrobras divulga indicação de Murilo Ferreira como presidente do Conselho