Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras espera definir em julho novo parceiro do EAS

Por André Magnabosco

São Paulo – O diretor de Exploração e Produção da Petrobras, José Miranda Formigli, acredita que a definição sobre o novo sócio do Estaleiro Atlântico Sul (EAS) aconteça em julho. A nova empresa, cujo nome é mantido em sigilo, entraria no lugar da coreana Samsung. O EAS tem contratadas sete sondas pela Sete Brasil, empresa cujo controle é da Petrobras.

A demora na entrega das sondas é apontada como uma das razões para a Petrobras não ter cumprido metas de produção nos últimos anos. Até o final do ano, a Petrobras deve operar 40 sondas – três devem chegar ao longo do segundo semestre -, número que pode subir para 41 equipamentos em 2013 e para 42 unidades a partir de 2014. Esses novos equipamentos poderiam ser contratados temporariamente pela estatal até a chegada de novas sondas.

O projeto de expansão da estatal prevê que sejam entregues 33 sondas entre 2016 e 2020, sendo 17 unidades entre 2016 e 2017. Além das sete sondas encomendadas ao EAS, a Petrobras negociou 22 sondas com a Sete Brasil e cinco sondas com a Ocean Rig.