Clique e assine a partir de 9,90/mês

Petrobras detecta vazamento de petróleo no pré-sal

Por Da Redação - 31 jan 2012, 14h34

SÃO PAULO, 31 Jan (Reuters) – A Petrobras detectou um vazamento de petróleo estimado preliminarmente em 160 barris no prospecto Carioca Nordeste, no pré-sal da bacia de Santos, informou a empresa nesta terça-feira.

Segundo a companhia, houve um “rompimento da coluna de produção do FPWSO Dynamic Producer”, equipamento que realiza o Teste de Longa Duração (TLD) no local, a 300 quilômetros da costa.

Após o rompimento, ocorrido às 8h30 desta terça-feira, o sistema de segurança fechou automaticamente o poço, disse a empresa.

“Uma estimativa preliminar aponta a possibilidade de terem vazado 160 barris de petróleo. Não há possibilidade do petróleo chegar à costa brasileira”, afirmou a Petrobras em nota.

Continua após a publicidade

No vazamento ocorrido no campo de Frade (bacia de Campos), em novembro passado, operado pela norte-americana Chevron, foram derramados cerca de 2.400 barris de petróleo e o vazamento levou dias para ser contido, embora o poço estivesse fechado. Mas o óleo continuava a passar por fissuras nas rochas, constatou-se mais tarde.

A Petrobras afirmou em nota que o poço em Carioca está fechado e em condições seguras, e que está investigando as causas do problema.

O Plano de Emergência foi imediatamente acionado, segundo a estatal, que informou ter mobilizado “todos os recursos necessários” para o recolhimento do petróleo no mar e do óleo residual da parte superior da coluna.

A empresa disse que comunicou a ocorrência à Marinha do Brasil, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Continua após a publicidade

Por volta das 15h30, a ação da Petrobras operava praticamente estável, enquanto o Ibovespa subia 0,4 por cento, e o petróleo nos EUA também operava próximo de uma estabilidade.

(Por Marcelo Teixeira e Leila Coimbra, no Rio de Janeiro)

Publicidade