Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Petrobras cria programa de redução de custos

As metas deverão ser divulgadas até dezembro deste ano e a implementação das medidas será realizada a partir de janeiro de 2013

Por Da Redação 18 out 2012, 12h55

As metas do Programa de Otimização de Custos Operacionais (Procop) da Petrobras deverão ser divulgadas até dezembro deste ano e a implementação das medidas ocorrerá a partir de janeiro de 2013, afirmou a estatal nesta quinta-feira, em comunicado. Sem previsão de aumento dos preços dos combustíveis no curto prazo, o que poderia trazer um alívio ao caixa, a empresa trabalhará para melhorar suas margens operacionais e ser mais eficiente.

A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, afirmou nesta semana que a companhia não vai esperar um aumento dos preços dos derivados de petróleo no mercado interno para melhorar o seu fluxo de caixa, e por isso buscará operar de forma mais eficiente.

Leia também:

Reajuste de combustível virá, diz Graça Foster

Foco da Petrobras é paridade com preços internacionais

Petrobras assina acordo com HRT e TNK-Brasil

O Procop, um dos programas estruturantes do Plano de Negócios 2012-2016, visa o aumento da formação de caixa, a produtividade e pretende reforçar o modelo de eficiência em custos. “O escopo do programa inclui as atividades no Brasil, nas áreas de exploração e produção, abastecimento e gás e energia, também atuando nos processos de suporte às operações, como suprimento de materiais, estoque de peças e combustíveis e tecnologia da informação”, afirmou a estatal em nota.

Graça Foster também apresentou o programa aos trabalhadores da companhia nesta quinta-feira. A presidente informou que a etapa atual do programa foi dividida em três fases, iniciadas em junho deste ano, e com conclusão em dezembro, quando serão consolidadas as metas, anunciados os responsáveis pelas áreas e os marcos de cada iniciativa.

(com Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade