Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Petrobras começa extração do pré-sal na Bacia de Campos

O navio-plataforma Cidade de Anchieta começou a extrair petróleo na noite desta segunda-feira, no primeiro dos sete poços que serão explorados

A Petrobras colocou em operação, nesta terça-feira, navio-plataforma no campo de Baleia Azul, na região do pré-sal da Bacia de Campos, no litoral do Espírito Santo, que tem capacidade de extrair 100 mil barris de petróleo por dia. O navio-plataforma Cidade de Anchieta começou a extrair petróleo na noite desta segunda-feira, no primeiro dos sete poços que serão explorados, segundo comunicado da companhia.

A produção inicial deste poço é de 20 mil barris diários de óleo de grande valor comercial por sua alta qualidade (28 graus na escala API), mas a expectativa é que, com os sete poços conectados, a plataforma alcance em fevereiro de 2013 a capacidade máxima de 100 mil barris de petróleo e 3,5 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

O Cidade de Anchieta foi ancorado no campo Baleia Azul, que faz parte do complexo conhecido como Parque das Baleias, junto com os campos Jubarte e Pirambu. Em área a 80 quilômetros de distância do litoral do Espírito Santo, os poços estão em uma profundidade de 1.221 metros.

A Petrobras tem 100% dos direitos de explorar petróleo no pré-sal do Parque das Baleias cujas reservas foram calculadas inicialmente entre 1,5 e 2 bilhões de barris de hidrocarbonetos.

O navio-plataforma é uma unidade flutuante que produz, armazena e transporta petróleo e gás, que a Petrobras alugou exclusivamente para operar no Parque das Baleias. A unidade tem 344 metros de comprimento, 51 de largura, 28 de altura e 273 mil toneladas de peso.

Atualmente a Petrobras produz cerca de 2 milhões de barris de petróleo por dia, em suas concessões no Brasil. A expectativa é aumentar essa produção para 2,5 milhões de barris em 2016 e até 4,2 milhões em 2020.

(Com Agência EFE)