Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pesquisa do CNI registra queda na produção e emprego na indústria brasileira

Brasília, 24 nov (EFE).- A produção industrial brasileira, o uso da capacidade instalada e os empregos no setor tiveram uma tendência negativa em outubro, de acordo com pesquisa divulgada nesta quinta-feira pela Confederação Nacional da Indústria.

De acordo com a instituição, o índice de produção do setor se situou nos 48,8 pontos, em uma escala que vai de 0 a 100 e considera como valores positivos os que superam o índice de 50.

A utilização da capacidade instalada se situou em 43,9 pontos em outubro, o valor mais baixo desde junho de 2009, enquanto o indicador sobre o emprego gerado pela indústria se situou em 49,1 pontos, contra os 50,3 pontos de setembro.

‘Apesar de se encontrar próximo da linha divisória dos 50 pontos, a redução do índice de emprego já chama a atenção, por ser um dos últimos indicadores a sentirem o reflexo de mudanças. A maioria dos setores analisados na pesquisa já começa a reduzir seu quadro de pessoal’, disse o economista da CNI Marcelo Azevedo, citado na nota.

Outro dos parâmetros contidos na pesquisa é a evolução de produtos armazenados, cujo índice alcançou 52,4 pontos em outubro. De acordo com Azevedo, a previsão era de que a produção seria fraca para ajustar os estoques, mas até mesmo com a redução as empresas continuam acumulando mercadorias.

O otimismo dos industriais para o próximo semestre caiu a seu nível mínimo neste ano ao marcar 53,3 pontos. Os outros índices de expectativas, compra de matérias-primas, emprego e exportações se reduziram e registraram valores abaixo dos 50 inteiros.

A enquete foi realizada entre 1º e 18 de novembro com uma amostra de 1.864 pequenas, médias e grandes empresas. EFE