Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Pedidos de auxílio-desemprego caem 10 mil nos EUA

O número de trabalhadores norte-americanos que entraram pela primeira vez com pedido ficou em 390 mil na semana até 5 de novembro

Por Da Redação 10 nov 2011, 11h18

O número de trabalhadores norte-americanos que entraram pela primeira vez com pedido de auxílio-desemprego caiu 10 mil, para 390 mil, após ajustes sazonais, na semana até 5 de novembro, informou o Departamento de Trabalho dos EUA. É o nível mais baixo em sete meses, o que sinaliza um avanço no fraco mercado de trabalho americano. Especialistas esperavam alta de 3 mil solicitações, para 400 mil.

O número de pedidos da semana anterior foi revisado para 400 mil, de 397 mil calculados originalmente. A média móvel de pedidos feitos em quatro semanas – calculada para suavizar a volatilidade do dado – caiu 5.250, para 400 mil. Na semana encerrada em 29 de outubro, o número total de norte-americanos que recebiam auxílio-desemprego caiu 92 mil, para 3,615 milhões, em relação a semana anterior, marcando o nível mais baixo desde 20 de setembro de 2008.

Nos EUA, as regras para distribuição do auxílio-desemprego variam de estado para estado e nem todos os desempregados têm direito ao benefício.

(com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade