Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

PANORAMA2-Bolsas avançam antes de decisão do Fed

Por Da Redação 13 dez 2011, 12h36

SÃO PAULO, 13 Dez (Reuters) – Ações e outros ativos de risco se valorizavam nesta terça-feira, recuperando parte das perdas da véspera em um dia de expectativa pela reunião de política monetária do Federal Reserve.

As bolsas norte-americanas subiam cerca de 1 por cento, mesmo patamar do Ibovespa, e o dólar tinha leve baixa.

Os juros devem continuar perto de zero nos Estados Unidos, sem surpresas, mas investidores devem ficar atentos a qualquer mudança na linguagem da autoridade monetária sobre as condições econômicas atuais, que vinham mostrando certa melhora até os dados de vendas de varejo divulgados nesta terça.

As vendas do comércio norte-americano cresceram menos que o esperado em novembro, 0,2 por cento, com a queda nas receitas de alimentos e bebidas ofuscando vendas mais fortes de veículos motorizados. Economistas ouvidos pela Reuters previam expansão de 0,6 por cento para o mês passado.

Caso o Fed mantenha a visão de que a economia dos Estados Unidos enfrenta “riscos significativos de baixa”, permanece aberta a porta para um futuro estímulo monetário. O comunicado da reunião será divulgado às 17h15 (horário de Brasília).

Dados sobre o varejo brasileiro também foram divulgados nesta terça. O volume de vendas ficou estável em outubro na comparação com setembro, endossando expectativas de que a economia brasileira terá um quarto trimestre de fraco crescimento.

Ante outubro de 2010, o volume de vendas registrou acréscimo de 4,3 por cento. No acumulado do ano, as vendas subiram 7 por cento, enquanto em 12 meses o crescimento é de 7,3 por cento.

Veja como estavam os principais mercados às 13h30 desta terça-feira:

CÂMBIO

O dólar era cotado a 1,8411 real, em queda de 0,33 por cento frente ao fechamento anterior.

BOVESPA

O Ibovespa subia 0,87 por cento, para 57.848 pontos. O volume financeiro na bolsa era de 1,78 bilhão de reais.

ADRs BRASILEIROS

O índice dos principais ADRs brasileiros subia 0,32 por cento, a 29.316 pontos.

Continua após a publicidade

JUROS <0#2DIJ:>

Os contratos de DI exibiam alta, com o DI janeiro de 2013 em 9,850 por cento ao ano ante 9,820 por cento no ajuste anterior.

EURO

A moeda comum europeia era cotada a 1,3162 dólar, ante 1,3184 dólar no fechamento anterior.

GLOBAL 40

O título de referência dos mercados emergentes, o Global 40, subia para 132,500 por cento do valor de face, oferecendo rendimento de 1,805 por cento ao ano.

RISCO-PAÍS

O risco Brasil caía 7 pontos, para 204 pontos-básicos. O EMBI+ cedia 7 pontos, a 362 pontos-básicos.

BOLSAS DOS EUA

O índice Dow Jones subia 0,76 por cento, a 12.113 pontos, o S&P 500 tinha alta de 0,75 por cento, a 1.245 pontos, e o Nasdaq registrava ganho de 0,65 por cento, aos 2.629 pontos.

PETRÓLEO

Na Nymex, o contrato de petróleo mais curto subia 2,40 dólares, ou 2,45 por cento, a 100,16 dólares por barril.

TREASURIES DE 10 ANOS

O preço dos títulos do Tesouro norte-americano de 10 anos, referência do mercado, caía, oferecendo rendimento de 2,0436 por cento ante 2,017 por cento no fechamento anterior.

(PANORAMA1, PANORAMA2 e PANORAMA3 são localizados no terminal de notícias da Reuters pelo código )(Por Silvio Cascione; Edição de José de Castro)

Continua após a publicidade
Publicidade