Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

País cria 77.822 empregos em janeiro, melhor resultado em 6 anos

Esse resultado representa o saldo entre 1.284.498 admissões e de 1.206.676 desligamentos

O país abriu 77.822 vagas de trabalho formal em janeiro, um aumento de 0,21% em relação ao estoque de dezembro de 2017. Os dados estão no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira pelo Ministério do Trabalho.

Esse resultado representa o saldo entre 1.284.498 admissões e de 1.206.676 desligamentos.  Foi o melhor resultado para os meses de janeiro desde 2012, quando o país criou 118.895 empregos com carteira assinada.

Nos últimos 12 meses, houve um aumento de 83.539 vagas no estoque de empregos formais, um crescimento de 0,22% em relação a janeiro de 2017.

“Os dados do Caged mostram que as medidas tomadas pelo governo para recuperação da economia e dos empregos foram

Dos oito setores da economia, cinco tiveram saldos positivos. O principal deles foi o da indústria de transformação, que apresentou acréscimo de 49.500 postos. Os destaques foram as contratações nas indústrias de calçados (+11.138 postos), têxtil (+8.271 postos) e metalúrgica (+5.561 postos).

Serviços foram o segundo setor com melhores resultados, com um aumento de 46.544 vagas formais. O resultado foi puxado pelas contratações na área de comércio e administração de imóveis, com 22.926 novos postos.

No mês passado também houve aumento de vagas na agropecuária (+15.633 postos), construção Civil (+14.987 postos) e serviços industriais de utilidade pública (+1.058 postos).

No lado oposto, houve corte de vagas nos setores de comércio (-48.747 postos), administração pública (-802 postos) e extrativa mineral (-351 postos).

Por região, o Sul foi o que teve melhor desempenho: 46.754 novos postos. O Sudeste teve aumento de 21.924 vagas formais e o Centro-Oeste, 20.421. Os desempenhos negativos foram no Nordeste (-6.035 postos) e no Norte (-5.242 postos).

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. País cria x, y, z… empregos de carteira assinada. Poderia também informar os salários desses empregos criados como também informar em quais áreas do setor produtivo foram criadas tais empregos ? Uma merreca de salário, por isso que não divulgam. É o mesmo que continuar desempregado, não da nem mesmo para bancar as necessidades básicas do mês, como pagar água, luz, alimentação, saúde e aluguel.

    Curtir

  2. Rafael Duarte

    Ja dizia a musica do erasmo carlos” pega na mentira” falta de logica absurda o país todo disgraçado e derrepenti faz milagres, como um país negativo geraria mais empregos que um país positivo de 6 anos atrás? Uma noticia mentirosa paga pelo proprio governo incompetente, porcaria de noticia.

    Curtir