Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pagamento do PIS/Pasep bate recorde no primeiro dia de saque

Do total liberado na segunda, 162,6 milhões de reais foram sacados de 119,6 mil cotas na Caixa Econômica Federal, que administra o PIS

O pagamento das cotas do PIS/Pasep para trabalhadores com idade entre 57 e 59 anos começou nesta segunda-feira. Segundo o Ministério do Planejamento, as retiradas bateram recorde no primeiro dia do calendário – 144.409 cotistas sacaram 196,2 milhões de reais do PIS e Pasep. O pagamento desse público prossegue até 29 de junho e será reaberto em agosto (veja calendário abaixo).

Do total liberado ontem, 162,6 milhões de reais foram sacados de 119,6 mil cotas na Caixa Econômica Federal, que administra o PIS (destinado a trabalhadores da iniciativa privada). No Banco do Brasil, responsável pelo Pasep (servidores públicos e trabalhadores de estatais), as retiradas somaram 33,6 milhões de reais em 24.809 cotas.

O governo liberou o saque das cotas do PIS para trabalhadores de qualquer idade até 28 de setembro. Depois deste prazo, voltam a valer as antigas regras de saque: cotistas maiores de 60 anos, casos de aposentadoria, invalidez e doenças graves, como câncer e aids.

Ao todo, serão liberados 39,3 bilhões de reais para 28,7 milhões de cotistas dos fundos PIS e Pasep. Isso corresponde a um valor médio de 1.370 reais por cotista. Se se considerar apenas os trabalhadores menores de 60 anos, serão pagos 16,1 bilhões de reais para 16,1 milhões de pessoas – valor médio de 1.000 reais.

Em julho, os pagamentos serão suspensos para correção do saldo das contas. A segunda fase começa em agosto: a Caixa e o BB efetuarão crédito em conta dos cotistas que são correntistas no dia 8. Os demais poderão sacar diretamente nas agências a partir de 14 de agosto