Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Operações compromissadas somam R$ 467,673 bi

Por Eduardo Cucolo e Fernando Nakagawa

Brasília – O estoque de operações compromissadas atingiu R$ 467,673 bilhões em abril, maior valor desde fevereiro de 2010 (R$ 471,840 bilhões), informou nesta quinta-feira o Banco Central.

O chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, disse que esse aumento em relação ao final do ano passado, quando o estoque estava em R$ 311,869 bilhões, reflete a liberação de depósitos compulsórios nos quatro primeiros meses de 2012.

O aumento das compromissadas, segundo Maciel, tem ainda impacto sobre a dívida bruta e é um dos principais fatores que contribuíram para a elevação desse indicador de endividamento neste ano.

“As operações compromissadas são uma das razões da alta da dívida bruta e refletem a liberação de compulsórios que houve no início deste ano”, afirmou Maciel. “Para fazer o ajuste de liquidez, o BC realiza as compromissadas, para neutralizar essa liberação de compulsórios, e isso se reflete na dívida bruta.”