Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Opep diminui previsões de demanda de petróleo

Por mark ralston 11 out 2011, 09h36

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) revisou em baixa nesta terça-feira, pelo terceiro mês consecutivo, as previsões de demanda de petróleo em 2011 e 2012 devido às sombrias perspectivas da economia, em particular na Europa e nos Estados Unidos.

O grupo avalia agora em 87,81 milhões de barris diários (mbd) a demanda de petróleo em 2011, contra os 87,99 mbd de um mês atrás. Em relação a 2010, isto representa um aumento de 0,88 mbd, indicou em seu informe mensal.

Para 2012, aposta em uma demanda de 89,01 mbd, contra os 89,26 mbd anunciados em setembro.

“As incertezas da economia mundial obscurecem o panorama”, tanto para este quanto para o próximo ano, “em particular nos países da OCDE”, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico, ressalta a Opep.

A desaceleração do crescimento nos Estados Unidos, a taxa de desemprego elevada e o ânimo mais pessimista dos consumidores pesaram sobre a demanda de petróleo neste país, ressalta a Opep.

“Os problemas da dívida na Eurozona provocam para as economias europeias uma perda de seu crescimento estimado neste ano”, explicou.

Continua após a publicidade
Publicidade