Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

ONS: carga de energia cresce 4,2% em junho

Por Da Redação
5 jul 2012, 14h09

Por Eulina Oliveira

São Paulo – A carga de energia do Sistema Interligado Nacional (SIN) cresceu 4,2% em junho ante o mesmo mês do ano passado, para 58.279 MW médios, segundo o Boletim de Carga Mensal do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Na comparação com maio deste ano, houve queda de 1,1% na carga de energia. No acumulado dos últimos 12 meses, o SIN apresentou uma variação positiva de 3,8% em relação ao período de 12 meses imediatamente anterior.

Segundo o ONS, o comportamento da carga durante o mês de junho foi influenciado pela ocorrência de temperaturas superiores às verificadas no mesmo mês de 2011, principalmente na região Sudeste, o que levou a um aumento do uso de equipamentos de refrigeração, refletindo diretamente no comportamento da carga.

“Ressalta-se que, embora importantes segmentos industriais voltados para a exportação tenham apresentado desaceleração no consumo de energia elétrica, em decorrência das incertezas existentes no cenário econômico internacional, a carga do SIN apresentou crescimento de 4,2% em relação ao mesmo mês do ano anterior”, diz o ONS, no boletim.

Para o Subsistema Sudeste/Centro-Oeste, os valores preliminares de carga de energia verificados em junho deste ano pelo ONS indicam crescimento de 4,7% em relação ao mesmo mês do ano anterior, para 35.938 MW médios. Com relação ao mês de maio de 2012, houve variação negativa de 0,1%. No acumulado dos últimos 12 meses, o Sudeste/Centro-Oeste apresentou alta de 3,2% na carga de energia em relação ao período anterior.

Continua após a publicidade

No Subsistema Sul, houve variação positiva de 2,4% em relação aos valores do mesmo mês de 2011, para 9.618 MW médios. Ante maio de 2012, houve queda de 1,8% na carga de energia. No acumulado dos

últimos 12 meses, o Sul apresentou um crescimento de 4,4%.

Já no Subsistema Nordeste, houve aumento de 7,8% na carga de energia ante junho de 2011, para 8.729 MW médios. Na comparação com o mês imediatamente anterior, houve queda de 2,8%. No acumulado dos últimos 12 meses o Nordeste apresentou um crescimento de 5,6% na carga de energia.

No Subsistema Norte, a carga de energia caiu 2,3% em junho deste ano ante igual mês do ano passado, para 3.994 MW médios. Com relação a maio de 2012, a queda foi de 4,5%. No acumulado dos últimos 12 meses, a carga de energia no Norte apresentou uma variação positiva de 4,1%.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.