Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ONGs concedem em Davos ‘prêmio’ de pior empresa à Vale

A empresa mineradora brasileira Vale e o banco britânico Barclays receberam nesta sexta-feira em Davos o ‘prêmio’ de “piores empresas” por suas ofensas sociais e ecológicas que mostram o lado obscuro de uma globalização puramente orientada para os lucros, segundo as ONGs que organizam a premiação.

No caso da Vale, que recebeu o Prêmio Popular, 88.766 pessoas votaram na empresa brasileira pela internet, enquanto que a instituição britânica ficou com o prêmio do juri criado pelas organizações não-governamentais Declaração de Berna e Greenpeace da Suíça.

O prêmio Nobel de Economia Josep E. Stiglitz pediu que essas duas empresas implementem uma política de responsabilidade social e ecológica.

A Barclays é acusada de práticas especulativas com os alimentos, que elevaram os preços, acarretando consequências ruins para os mais pobres.

No caso da Vale, a segunda maior mineradora do mundo e maior produtora de minério de ferro do planeta, as organizações a acusam de violar os direitos humanos, de condições desumanas de trabalho e de uma exploração sem preocupação alguma com a natureza.

A Vale participa atualmente da construção da represa de Belo Monte Dam, na região amazônica.