Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

OGX está a um passo de dar o calote, diz Fitch

Agência de classificação de risco rebaixou a nota da empresa para C, o último nível antes do default

A agência de classificação de risco Fitch rebaixou o rating da OGX de CCC para C, o último nível antes do default (calote). O rebaixamento ocorreu horas depois do anúncio de que Eike Batista contestará a validade do aporte de 1 bilhão de dólares que deverá fazer na empresa. “O rating C da OGX reflete o default iminente da companhia, dada a sua posição de liquidez extremamente apertada e sua necessidade de gastos significativos para elevar a produção e o fluxo de caixa operacional”, afirmou a Fitch.

Segundo a agência, o ambicioso programa de gastos de aproximadamente 1,3 bilhão de dólares da companhia em 2013 deve resultar em uma diminuição do caixa da empresa este ano. “Na ausência de uma infusão de capital significativa, a OGX deve entrar em default no futuro próximo”, destacou a Fitch.

Eike, que é acionista controlador da empresa, enviou uma carta à diretoria da OGX contestando a validade da obrigação de aporte. “Ressalvo meus direitos previstos em contrato e decorrentes de lei no sentido de questionar as circunstâncias, a forma, o conteúdo, a validade e os demais aspectos legais do pretendido exercício de opção”, relatou Eike em carta datada de 6 de setembro, mas somente apresentada ao mercado nesta segunda-feira.

Leia também:

CVM abre processo contra Eike e diretores da OGX

OGX receberá US$ 100 mi do dinheiro prometido por Eike

OGX confirma saída do conselheiro Aziz Ben Ammar

Forbes, enfim, tira Eike Batista de sua lista de bilionários