Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obras da estrada que ligará Brasil, Bolívia e Chile irão atrasar

La Paz, 4 nov (EFE).- A construção da estrada que ligará Brasil, Bolívia e Chile será concluída em abril de 2012 e não em dezembro desse ano, como estava previsto anteriormente, devido ao atraso das obras numa parte da rodovia localizada na Bolívia e financiada pela União Europeia.

O diretor de Transporte Terrestre do Ministério de Obras Públicas da Bolívia, Emilio Rodas, disse à agência Efe que o atraso foi comunicado pela empresa construtora durante reunião técnica entre funcionários bolivianos, brasileiros e chilenos.

O funcionário também explicou que um trecho de 35 quilômetros entre as localidades de ‘El Tinto’ e ‘Quimome’ ainda está em fase de conclusão, no departamento de Santa Cruz. O local será inspecionado neste sábado por integrantes das três delegações.

‘Não vai ser possível entregar a obra em dezembro. Por isso o cálculo é que em abril já poderemos ter uma rodovia contínua e rápida entre as cidades de Santa Cruz e Puerto Suárez’, afirmou Rodas.

Santa Cruz é uma das principais cidades da Bolívia. Já Puerto Suárez fica na fronteira com o Brasil. A empresa responsável pelas obras alegou razões climáticas e de provisão de materiais para explicar o atraso nas obras.

O ministro disse que o Chile está melhorando os trechos da estrada dentro do país. Já no Brasil, a rodovia está pronta nos estados de São Paulo e Mato Grosso. A via ligará a costa brasileira do Atlântico com os portos chilenos no pacífico.

Na reunião, ficou decidido a formação de equipes trinacionais para criar normas sobre o transporte de substâncias perigosas, dimensões e o peso dos caminhões que irão trafegar pela estrada. EFE