Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

O que dizem grandes nomes da economia sobre o Brexit

Economistas, executivos, empresários e líderes políticos têm feito campanha para tentar influenciar o resultado do referendo; saiba o que disseram alguns desses personagens

Por Da Redação 23 jun 2016, 07h16

Executivos de mais da metade das 100 principais empresas britânicas pediram nesta quarta-feira o voto a favor da União Europeia (UE), um dia antes do referendo que definirá o futuro britânico e europeu. A saída da UE provocaria “um choque econômico”, especialmente doloroso para as pequenas empresas, afirmam 1.300 empresários, incluindo executivos de 51 das 100 maiores empresas britânicas, as que integram o índice FTSE da Bolsa de Londres. O documento foi publicado no jornal The Times.

Entre os signatários da carta dos empresários estão Richard Branson, do grupo Virgin, e o proprietário da agência de notícias financeiras Bloomberg, o americano Michael Bloomberg, ex-prefeito de Nova York.

Leia mais:

Reino Unido decide hoje seu futuro (e também o da União Europeia)​

Confira as celebridades britânicas que são contra e a favor do Brexit

Entenda a diferença entre Inglaterra, Grã-Bretanha e Reino Unido

“A saída do Reino Unido da UE se traduziria em mais incerteza para nossas empresas, menos comércio com a Europa e menos postos de trabalho”, afirma o texto dos executivos. As empresas dos signatários da carta têm 1,75 milhão de funcionários. Nas últimas semanas, todos os nomes mais relevantes da economia global se manifestaram sobre o referendo. Veja o que disseram alguns deles:

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade