Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

O acordo secreto da Vale com a Tesla, de Elon Musk

A mineradora brasileira vai fornecer níquel para a montadora de veículos elétricos do bilionário, mas empresas não deram detalhes

Por Luana Meneghetti Atualizado em 31 mar 2022, 13h08 - Publicado em 31 mar 2022, 12h24

A Tesla, empresa de carros elétricos do bilionário Elon Musk, fechou um acordo com a mineradora brasileira Vale para o fornecimento de níquel, elemento essencial para as baterias dos veículos. O contrato de fornecimento é de longo prazo, segundo a agência de notícias Bloomberg, mas até o momento as empresas não se pronunciaram ou deram maios detalhes sobre o acordo.

A produção de níquel da Vale está concentrada no Canadá. A estimativa de produção da companhia para este ano é de 175 a 190 quilotoneladas de níquel. Atualmente, a Vale vende cerca de 5% de níquel para o mercado de veículos elétricos, mas a meta é aumentar esse valor para entre 30% e 40% no médio prazo.

O movimento da Tesla na busca de fornecedores de níquel não é recente. Musk vem assinando contrato com fornecedores do metal desde 2021. O fornecimento é uma preocupação, dado que a demanda crescente pode ser maior que a oferta em um futuro próximo. A estimativa é que a demanda cresça 19 vezes até 2040, mas analistas apontam para uma escassez de níquel a partir de 2026.

O conflito no Leste Europeu adiciona mais uma preocupação na oferta do metal. A Rússia detém 17% da capacidade global de níquel refinado Classe 1, de níquel de baixo carbono e alta pureza, utilizado nas baterias de carros. O preço do metal já vinha se elevando, mas chegou a ultrapassar o patamar de 100 dólares com a eclosão da guerra. O preço voltou a se acomodar, mas o níquel subiu quase 60% no primeiro trimestre de 2022.

Tendo em vista o cenário desfavorável para o metal, Musk quer garantir o fornecimento para impulsionar sua meta de aumentar a produção de elétrico em 50%, e a Vale pode ser fundamental aos seus planos. Cerca de 70% da produção de níquel da Vale é do tipo classe 1, tornando a mineradora brasileira líder global na produção desse tipo de metal.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)