Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

NY abre em queda diante de cenário nebuloso na Europa

Por Da Redação 5 jan 2012, 11h40

Por Luciana Antonello Xavier, correspondente

Nova York – As bolsas nova-iorquinas abriram em baixa nesta quinta-feira diante de um cenário nebuloso na zona do euro. Algumas notícias no front corporativo também não ajudam a melhorar o humor e o investidor deu pouca bola para os dados positivos do mercado de trabalho norte-americano divulgados esta manhã. Às 12h40 (de Brasília), o Dow Jones recuava 0,64%, o S&P 500 tinha queda de 0,59% e o Nasdaq caía 0,20%.

Nos EUA, o número de pedidos de auxílio-desemprego caiu 15 mil na semana passada, para 372 mil, bem mais do que a queda de 6 mil esperada por analistas. O setor privado norte-americano, por sua vez, criou 325 mil empregos em dezembro ante novembro, segundo o relatório da ADP/Macroeconomic Advisers, bem mais do que a expectativa de criação de 175 mil empregos, o que pode ser um bom sinal para o número de criação de emprego do governo dos EUA, o payroll, que sai na sexta-feira.

Na Europa, o custo do seguro contra default da dívida de vários países, como Itália, Espanha, Hungria, França e Alemanha, estava em alta diante de tanta incerteza e temor em relação à zona do euro. A Espanha avisou que irá exigir dos bancos que tenham uma reserva de US$ 50 bilhões diante do cenário tão incerto na região e do risco de crise bancária. Esta manhã, o euro caía a US$ 1,2808, de US$ 1,2946 no fim da tarde de ontem. O Dollar Index, que pesa a moeda americana ante seis principais rivais, subia 0,85%, a 80,812.

No campo corporativo, as ações da rede de livrarias Barnes & Noble afundavam mais de 27% após a companhia ter informado que procura opções para colocar em uma unidade de negócio separada o seu e-book Nook.

Continua após a publicidade
Publicidade