Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número de assinantes digitais do NYT sobe 19%

Por outro lado, as receitas totais no quarto trimestre tiveram uma redução de 5,2% a US$ 443,9 milhões: com uma queda de 3,9% em circulação e uma queda de 6,3% das receitas com publicidade

O New York Times anunciou nesta quinta-feira que as principais receitas do último trimestre de 2013 foram estimuladas pelas assinaturas eletrônicas, que ajudaram a compensar a queda das receitas com publicidade impressa e digital. Os assinantes dos pacotes digitais cresceram 19% em relação ao ano anterior, para 760.000, que nos últimos três meses do ano significaram 39,1 milhões de dólares.

Leia também:

Twitter encerra 2013 com prejuízo de US$ 645 milhões

Site do ‘The New York Times’ sofre ataque hacker

Itaú tem maior lucro da história dos bancos brasileiros

Contudo, no total, as receitas no quarto trimestre tiveram uma redução de 5,2% a 443,9 milhões de dólares: com uma queda de 3,9% em circulação e uma queda de 6,3% das receitas com publicidade.

Os resultados apresentados nesta quinta-feira mostram um lucro de 65,6 milhões de dólares no quarto trimestre de 2013, inferior aos 178 milhões registrados em igual período do ano anterior. Em 2012, o resultado dos três últimos meses foram ajudados por uma receita excepcional, pela venda de um site de emprego.

(com agência France-Presse)