Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número 2 do Reino Unido busca negócios no Brasil

Em visita ao país, o vice-primeiro-ministro britânico, Nick Clegg, apontou possíveis parcerias com foco na sustentabilidade

No ano passado, o comércio do Reino Unido com a América Latina cresceu 30%

O vice-primeiro-ministro britânico, Nick Clegg, esteve na manhã desta terça-feira com o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, por conta da abertura do fórum “Reino Unido e Brasil: Uma Parceria para Desenvolver Inovação em Negócios Verdes”, no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista. A pauta era discutir formas de colaboração entre os dois países em projetos sustentáveis, com foco especial em energia. No ano passado, o comércio do Reino Unido com a América Latina cresceu 30% – e as exportações para o Brasil aumentaram 29%.

“O Brasil tem muitos exemplos em energia verde a serem seguidos, como o programa do etanol e as usinas hidrelétricas” , disse o vice premiê britânico. “E nós, por outro lado, temos a expertise de serviços financeiros especializados em negócios sustentáveis e criamos o primeiro banco verde do mundo. Queremos também incrementar um programa de desconto em impostos para empresas que reduzam suas emissões de carbono”, completa o número 2 da política no Reino Unido.

O governador Geraldo Alckmin destacou projetos do governo paulista como investimentos na expansão de metrôs e trens e a redução do ICMS do etanol. Alckmin afirmou ter interesse em captar recursos do banco verde britânico. “Sao Paulo reúne todas as condições para se tornar referência em sustentabilidade”. O governador anunciou ainda a criação de um departamento governamental com foco em energia verde.

Eventos esportivos – Outra oportunidade vista pelos ingleses é a de abrir caminho para a entrada de empresas inglesas no Brasil em vista da Copa do Mundo e das Olimpíadas. “À medida que os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, se aproximam, nossos laços comerciais se tornam mais fortes, já que o Brasil também passa a focar em sediar a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016”, disse Clegg.

Nick Clegg veio ao país acompanhado de uma delegação de 23 empresários, além de alguns políticos como Lorde Green, o ministro adjunto de comércio e investimentos do Reino Unido. Além de São Paulo, Clegg deve ir à Brasília e ao Rio de Janeiro.