Clique e assine a partir de 9,90/mês

Novas cédulas de R$ 2 e R$ 5 começam a circular na segunda-feira

Além de menores, notas terão quebra-cabeça que só será 'resolvido' ao ser exposto contra a luz

Por Da Redação - 26 Jul 2013, 16h50

Começam a circular no mercado a partir desta segunda-feira as notas de 2 e 5 reais da segunda família de cédulas do real, segundo informações do Banco Central (BC) divulgadas na tarde desta sexta-feira. Há um ano entraram em circulação as novas notas de 10 e 20 reais e, em dezembro de 2010, as de 50 e 100 reais.

Entre os principais dispositivos de segurança das cédulas estão a marca d’água, a marca tátil (impressão em alto-relevo), número escondido, itens fluorescentes, microimpressões e o quebra-cabeça, que é uma novidade: impressão de partes complementares do valor das cédulas, formando uma figura completa apenas quando a cédula é exposta contra a luz.

No caso das cédulas de 2 reais, a cor continua a ser predominantemente azul, mas as dimensões agora são de 121 mm x 65 mm. Segundo o BC, em um dos lados segue a efígie da República como figura principal, o número ‘2’, a marca tátil, as expressões ‘República Federativa do Brasil’ e ‘Deus seja louvado’, as legendas ‘2 reais’ e ‘2010’ (ano de aprovação do design da cédula), o quebra-cabeça, o número escondido e o elemento fluorescente. Já no verso, aparece a tartaruga-marinha como figura principal, as expressões ‘dois reais’ e ‘Banco Central do Brasil’, o número ‘2’, o quebra-cabeça, as microchancelas (assinaturas impressas) e a dupla numeração da cédula, uma localizada no canto inferior esquerdo e a outra, fluorescente, no canto superior direito.

No caso da nota de 5 reais, a cor que prevalece é o lilás e as dimensões são de 128 mm x 65 mm. Os desenhos são parecidos com os impressos na nota de 2 reais, com a exceção da garça, animal que aparece como figura principal.

Continua após a publicidade

Leia também:

BC lança novas cédulas de R$ 10 e R$ 20

Nova cédula de 100 reais é a mais falsificada no Brasil

(com Estadão Conteúdo)

Publicidade