Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Norwegian Air anuncia encomenda de 372 aviões

Por Andréia Lago

Estocolmo – A companhia aérea de aviação de baixo custo Norwegian Air Shuttle ASA, da Noruega, anunciou hoje a maior encomenda de aeronaves da história do país e da aviação na Europa, no valor de US$ 21,54 bilhões para aquisição de 372 aviões da Boeing e Airbus, sendo 222 aeronaves em pedido firme.

“Nossa encomenda é a maior já feita por uma empresa aérea europeia e um marco nos dez anos de história da Norwegian”, disse Bjorn Kjos, presidente da companhia norueguesa em comunicado.

A companhia norueguesa pretende substituir sua frota atual com aeronaves mais eficientes no consumo de combustível e aumentar sua capacidade para ocrescimento futuro da empresa.

A movimentação da Norwegian Air Shuttle ASA provavelmente irá intensificar a concorrência no setor de aviação comercial no nordeste da Europa. A encomenda da companhia é praticamente equivalente à frota total da sua principal concorrente na região, a empresa escandinava SAS de propriedade dos governos da Dinamarca, Noruega e Suécia.

“A encomenda é um forte ataque aos concorrentes nórdicos”, disse o analista Jacob Petersen, do Sydbank. Segundo ele, o mercado nórdico de aviação não é grande o suficiente para acomodar as duas companhias. Atualmente, a Norwegian opera mais de 300 rotas em toda a Europa com destinos para o norte da África e o Oriente Médio, e emprega cerca de 2.500 pessoas. Em 2011, a companhia transportou quase 16 milhões de passageiros e hoje é a segunda maior empresa aérea na Escandinávia, depois da SAS.

Segundo a Norwegian, a encomenda inclui pedidos firmes de 22 aeronaves Boeing 737-800, 100 aviões Boeing 737 MAX8 e 100 aeronaves Airbus A320neo, e também os direitos de compra de 100 Boeings 737 MAX8 e 50 aeronaves Airbus A320neo. O acordo prevê o início da entrega das aeronaves em 2016.

O comunicado da empresa informa que a encomenda está em linha com a estratégia da companhia de empenhar-se continuamente para oferecer o menor custo no mercado de aviação comercial, o que inclui operar com aeronaves mais eficientes em termos de custo e combustível.

A Boeing informou que a Norwegian é a primeira companhia de aviação europeia a finalizar uma encomenda das aeronaves 737 MAX, uma versão renovada e com consumo mais eficiente de combustível fabricada pela fabricante americana.

A Airbus declarou que a encomenda da Norwegian é outro voto de confiança nas suas aeronaves A320neo, cuja demanda aumentou recentemente à medida que as empresas aéreas tentam enfrentar os elevados custos com combustível utilizando aeronaves mais eficientes. A fabricante francesa disse que a encomenda será a maior compra desde que a American Airlines encomendou 130 aeronave A320 em julho de 2011, poucos meses antes de entrar com pedido de concordata. As informações são da Dow Jones.