Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Negócios Summary

Por Da Redação 22 mar 2012, 10h04

Renda disponível no Brasil sobe 20% em 2011; classe C é destaque

SÃO PAULO (Reuters) – A renda mensal disponível da população brasileira cresceu mais de 20 por cento em 2011, passando de 368 reais no ano anterior para 449 reais, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira pela Cetelem BGN, braço financeiro do grupo francês BNP Paribas. O destaque, conforme o levantamento, ficou por conta da classe C, que apurou alta de quase 50 por cento na renda disponível no mês, calculada pela subtração de todos os gastos do rendimento total das famílias.

IPCA-15 desacelera a 0,25% em março com educação–IBGE

RIO DE JANEIRO, 22 Mar (Reuters) – O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) -considerado uma prévia da inflação oficial- subiu 0,25 por cento em março, mostrando uma forte desaceleração ante à alta de 0,53 por cento registrada em fevereiro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. Economistas consultados pela Reuters previam ganho de 0,38 por cento em março, segundo a mediana das previsões de 17 analistas, cujas estimativas variaram entre alta de 0,32 por cento e de 0,43 por cento.

Desemprego no Brasil sobe a 5,7% em fevereiro–IBGE

RIO DE JANEIRO, 22 Mar (Reuters) – O desemprego brasileiro subiu para 5,7 por cento em fevereiro, ante 5,5 por cento em janeiro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. Pesquisa da Reuters mostrou que, pela mediana das previsões de 19 analistas consultados, a taxa seria de 5,9 por cento no mês passado. As estimativas variaram de 5,7 a 6,2 por cento.

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA atingem mínima de 4 anos

WASHINGTON, 22 Mar (Reuters) – Os novos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos atingiram nova mínima de quatro anos na semana passada, de acordo com relatório do Departamento do Trabalho divulgado nesta quinta-feira, evidenciando que a recuperação do mercado de trabalho está ganhando força. Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego tiveram queda de cinco mil solicitações, para 348 mil em números sazonalmente ajustados, o menor nível desde fevereiro de 2008.

Atividade industrial da China se enfraquece em março

PEQUIM, 22 Mar (Reuters) – O impulso econômico da China desacelerou em março na medida em que a atividade fabril encolheu pelo quinto mês consecutivo, deixando os investidores assustados com os riscos para o crescimento global e prevendo novo apoio da política monetária de Pequim. O índice de gerentes de compras preliminar do HSBC, o mais recente indicador da atividade industrial da China, caiu para 48,1, da máxima de quatro meses em fevereiro de 49,6. As novas encomendas afundaram para uma mínima de quatro meses, uma recuperação esperada nas encomendas de exportação não apareceu e as novas contratações despencaram para uma mínima de dois anos.

Continua após a publicidade

Atividade industrial da França tem forte queda

PARIS, 22 Mar (Reuters) – A produção do setor privado da França recuou em março depois de dois meses a salvo das pressões recessivas, com uma forte queda na atividade industrial e sinais de enfraquecimento da demanda doméstica. O índice PMI do Instituto Markit recuou para 47,6 em março, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, ante o nível de 50,0 apresentado em fevereiro. Um número abaixo desse patamar mostra que a atividade está encolhendo.

Setor industrial da Alemanha encolhe em março

BERLIM, 22 Mar (Reuters) – O setor industrial da Alemanha encolheu pela primeira vez neste ano em março, na esteira da queda de novas encomendas, levantando preocupações sobre sua resiliência à crise da zona do euro e encobrindo o otimismo com a aprovação do pacote de resgate da Grécia. O Índice industrial de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do instituto Markit caiu para 48,1, de 50,2 no mês anterior, mostrou uma pesquisa nesta quinta-feira, ficando aquém das previsões de 51,0 e descendo para baixo da marca de 50 que separa contração e expansão.

Economia da zona do euro tem queda inesperada no mês

LONDRES, 22 Mar (Reuters) – A economia da zona do euro registrou uma inesperada piora em março, afetada pela forte queda na atividades industrial da França e da Alemanha, mostraram pesquisas nesta quinta-feira. O PMI Composto da zona do euro do Instituto Markit, que mede a atividade de empresas manufatureiras da região, caiu para 48,7 em março, ante 49,3 em fevereiro, ficando abaixo da marca de 50 que separa o crescimento da contração e finaliza o primeiro trimestre do ano de maneira decepcionante.

Lucro da FedEx supera expectativas no trimestre

22 Mar (Reuters) – A FedEx divulgou nesta quinta-feira um lucro trimestral acima das expectativas, citando receitas maiores por encomenda e atividade recorde. A companhia previu novos avanços para o atual trimestre. Incidência menor de impostos e um inverno mais brando também ajudaram a elevar o lucro, informou a segunda maior companhia de transporte de encomendas do mundo.

Itália tem déficit comercial de 1,552 bi de euros fora da UE

22 Mar (Reuters) – A Itália teve um déficit comercial de 1,552 bilhão de euros com países de fora da União Europeia (UE) em fevereiro, comparado com um déficit de 2,337 bilhões de euros registrado no mesmo mês de 2011, informou nesta quinta-feira a agência oficial de estatísticas ISTAT. Em fevereiro, o total das exportações subiu 11,8 por cento na comparação anual, enquanto as importações cresceram 4,6 por cento.

Continua após a publicidade

Publicidade