Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nardes diz que Lula foi infeliz ao justificar ‘pedaladas’

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Augusto Nardes classificou como “infeliz” a tentativa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de justificar as “pedaladas fiscais” como o único meio de pagar programas sociais, como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida. “Foi uma infelicidade do ex-presidente Lula tentar justificar com uma ilegalidade as pedaladas”, afirmou o ministro, durante evento de lançamento do seu livro – “Governança Pública: o desafio do Brasil” -, em Fortaleza. Nardes argumentou que, ao contrário do que Lula disse, o mecanismo não foi utilizado apenas para custear os programas sociais. “A equalização foi feita inclusive para empréstimos externos. Ou seja, o governo tinha que ter pago isso e não pagou para os bancos, como o BNDES. Então, não foram só os programas sociais. E mesmo que houvesse somente os programas sociais, a ilegalidade existe de qualquer forma”, apontou o ministro, relator do processo que culminou com a reprovação histórica das contas do governo Dilma de 2014. “Se o país quebra, quem perde? É o depositante. A Caixa não é do governo é da população brasileira”, finalizou. (Com Estadão Conteúdo)

Leia também:

‘Não sou afeita a pressões’, diz presidente de comissão que analisará contas de Dilma

Julgamento de contas de Dilma no Congresso deve ficar para 2016