Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Não importem nem um prego’, afirma Cristina Kirchner

Temor dos importadores locais é que se intensifique protecionismo no país

“Não queremos importar nem um prego! Queremos que tudo seja produto argentino”. Esta expressão, pronunciada pela presidente Cristina Kirchner perante centenas de empresários na quinta-feira, está preocupando os importadores argentinos, que temiam uma nova onda de restrições à entrada de produtos estrangeiros, inclusive do Brasil. O temor dos importadores é que o governo Kirchner intensifique as medidas protecionistas.

Leia também:

Leia também: Argentina reescreverá sua história – sob a ótica de Cristina

Mas o presidente da Câmara de Importadores da Argentina (Cira), Diego Pérez Santistéban, tentou relativizar as afirmações presidenciais: “são expressões de desejo que qualquer presidente tem. Mas, daí a que seja concretizado existe um trecho grande. Não conheço país algum que não importe coisa alguma”. A ministra da Indústria, Débora Giorgi, anunciou nesta quarta-feira que o intercâmbio comercial com o Brasil alcançará neste ano US$ 40 bilhões. “Será um ano recorde”, disse a ministra.

(Com Agência Estado)