Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Não é o momento para liberalizar juros, diz BC da China

Por Da Redação 8 jan 2012, 12h55

Por Danielle Chaves

Pequim – Avançar na liberalização das taxas de juros na China agora poderia provocar problemas em áreas que incluem os fluxos de capital em razão da diferença entre as taxas de juros chinesas e as de países desenvolvidos, afirmou o presidente do Banco do Povo da China (PBOC, na sigla em inglês), Zhou Xiaochuan, segundo a agência estatal de notícias Xinhua. “Não é um momento muito bom para avançar em direção a taxas de juros orientadas pelo mercado”, disse Zhou.

A autoridade também afirmou que a China pode ampliar a banda de oscilação do yuan quando os fluxos de entrada e saída de capital do país estiverem mais equilibrados. Neste ano, a China enfrentará os riscos da economia internacional, apesar das perspectivas positivas para a economia doméstica, e deve estar preparada para combater choques externos com instrumentos de política adequados, disse Zhou.

Segundo ele, os riscos das dívidas de governos locais e os empréstimos imobiliários na China são controláveis e a contenção da inflação é menos urgente do que era em 2011 por causa de uma desaceleração na alta dos preços. Um enfraquecimento econômico global provavelmente causaria uma grande onda de retirada de capital estrangeiro da China, observou Zhou. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)