Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Murilo Ferreira renuncia à presidência do conselho da Petrobras

Por Da Redação 30 nov 2015, 08h16

O presidente do conselho de administração da Petrobras, Murilo Ferreira, renunciou ao cargo. A informação foi divulgada pela estatal nesta segunda-feira.

Ferreira, que também é presidente-executivo da mineradora Vale, estava licenciado do conselho da petroleira desde 14 de setembro de 2015, quando foi substituído por Luiz Nelson Guedes de Carvalho de forma interina. Carvalho permanecerá na função até a próxima reunião ordinária do colegiado.

Em setembro, quando Ferreira anunciou seu pedido de licença, a Petrobras não deu maiores detalhes sobre as razões do afastamento, mas desde aquele momento já se especulava sobre a iminente saída do executivo do conselho da estatal. Na ocasião, a Vale afirmou que Ferreira continuava exercendo suas funções “normalmente” na companhia.

Ferreira licenciou-se da Petrobras pouco depois de a empresa perder o grau de investimento na avaliação da agência de classificação de risco Standard & Poor’s, em corte acompanhou o rebaixamento da nota de crédito do país. A estatal também já havia sido rebaixado pela Moody´s, em fevereiro, devido às investigações da Operação Lava Jato, que na época atrasavam a divulgação do balanço anual da companhia.

Agora, Ferreira está no centro dos holofotes após o desastre ambiental em Mariana, em Minas Gerais, onde o rompimento de uma barreira de rejeitos da mineradora Samarco deixou mortos e impactos ambientais que ainda estão sendo mensurados. A Vale controla 50% da Samarco. A ouytra metada é da anglo-australiana BHP.

Continua após a publicidade
Publicidade