Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Mundo contabiliza 1210 bilionários, um recorde

Outra cifra jamais alcaçada foi a soma das fortunas: 4,5 trilhões de dólares em 2010. O empresário mexicano Carlos Slim consolida-se na 1ª colocação

Por Beatriz Ferrari e Derick Almeida 9 mar 2011, 18h49

A lista dos mais ricos do mundo, elaborada anualmente pela revista americana Forbes, registrou dois recordes em 2011. O primeiro diz respeito ao número de bilionários, que passou de 937 no ano passado para 1 210 neste ano, o maior já registrado. O recorde anterior havia sido obseravdo em 2008, quando o mundo contabilizou 1 125 indivíduos com mais de um bilhão de dólares em patrimônio. O segundo recorde diz respeito às fortunas combinadas destes bilionários, que somaram 4,5 trilhões de dólares, contra 3,6 trilhões de dólares de 2010.

O destaque desta 25ª edição foram os BRICs, grupo formado por Brasil, Rússia, Índia e China, que produziram 108 dos 214 novos integrantes do ranking.

O gigante das telecomunicações mexicano Carlos Slim aparece novamente na primeira posição, com um patrimônio de 74 bilhões de dólares. A fortuna de Slim cresceu 20,5 bilhões de dólares em um ano, mais do que a de qualquer outro bilionário, deixando seus dois rivais mais próximos, Bill Gates e Warren Buffett, ainda mais distantes. Cerca de 62% de seu patrimônio vem da empresa America Movil, que, no Brasil, controla a Claro.

Gates, com uma fortuna de 56 bilhões de dólares, agora retira 70% de sua riqueza de investimentos fora da Microsoft, de acordo com a Forbes. O investidor Buffett, em terceiro lugar, contabiliza 50 bilhões de dólares em patrimônio.

Apesar de os Estados Unidos ainda dominarem o ranking, a região mais dinâmica na criação de riqueza, de acordo com a revista, é o sul da Ásia. O território conta agora com 332 bilionários, de um total de 234 há apenas um ano.

O poder da internet – Ainda de acordo com a Forbes, a lista de 2011 revela que alguns empresários encontraram maneiras engenhosas de ganhar dinheiro. O destaque da publicação ficou por conta do Facebook, cujo aumento vertiginoso do seu valor de mercado nos últimos dois anos levou seis pessoas da companhia ao seleto grupo dos bilionários. O líder do grupo é o próprio CEO, Mark Zuckerberg, que teve seu patrimônio expandido em 238% no período de um ano, para 13,5 bilhões de dólares. Juntaram-se a ele no ranking dos mais ricos do mundo, os co-fundadores da rede social: o brasileiro Eduardo Saverin; o americano Dustin Moskovitz; o primeiro presidente do grupo, Sean Parker (fundador do Napster); e o investidor russo Yuri Milner. A partir deste novo ranking, Dustin Moskovitz, que é oito dias mais jovem que Zuckerberg, assume o posto de jovem mais rico do mundo.

O crescente interesse dos grandes investidores por tudo aquilo que diz respeito a redes sociais impulsionou o valor de mercado das empresas ligadas à internet, como a Zynga, produtora do “FarmVille”, e o Groupon, site de compra coletiva. O movimento, segundo a Forbes, trouxe à tona dois outros bilionários: Mark Pincus e Eric Lefkofsky, respectivamente os fundadores destas companhias. Outros três estreantes destacados pela publicação foram Do Won e Jin Sook Chang, co-fundadores do Forever21, e Chris Cline, dono de três bilhões de toneladas de reservas de carvão, localizadas, em sua maioria, em illinois.

Confira a lista dos vinte mais ricos do mundo
Nome Patrimônio Fonte de receita País
Carlos Slim Helú & família US $ 74 Bilhões Diversificado MEX
Bill Gates US $ 56 Bilhões Microsoft EUA
Warren Buffett US $ 50 Bilhões Berkshire Hathaway EUA
Bernard Arnault US $ 41 Bilhões LVMH FRA
Larry Ellison US $ 39,5 Bilhões Oracle EUA
Lakshmi Mittal US $ 31,5 Bilhões Siderurgia IND
Amancio Ortega US $ 31 Bilhões Zara ESP
Eike Batista US $ 30 Bilhões Grupo EBX BRA
Mukesh Ambani US $ 27 Bilhões Petroquímica IND
10º Christy Walton & família US $ 26 Bilhões Wal-Mart EUA
11º Li Ka-shing US $ 26 Bilhões Diversificado HKG
12º Karl Albrecht US $ 25,5 Bilhões Aldi-Sud ALE
13º Stefan Persson US $ 24,5 Bilhões Hennes & Mauritz SUE
14º Vladimir Lisin US $ 24 Bilhões Siderurgia RUS
15º Liliane Bettencourt US $ 23,5 Bilhões L’Oreal FRA
16º Sheldon Adelson US $ 23,3 Bilhões Casinos EUA
17º David Thomson & família US $ 23 Bilhões Midia CAN
18º Charles Koch US $ 22 Bilhões Diversificado EUA
19º David Koch US $ 22 Bilhões Diversificado EUA
20º Jim Walton US $ 21,3 Bilhões Wal-Mart EUA
Continua após a publicidade

Publicidade