Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Motoboys param hoje em SP, RJ e DF contra aumento da gasolina

Motociclistas convocam paralisação para todo o país na próxima terça-feira

Por Gilmara Santos Atualizado em 25 Maio 2018, 09h53 - Publicado em 25 Maio 2018, 09h51

O Sindicato dos Motoboys de São Paulo (Sindimoto) convocou uma manifestação para a tarde desta sexta-feira, 25, contra o aumento no preço da gasolina. Além de São Paulo, Rio de Janeiro e o Distrito Federal também devem aderir ao movimento. De acordo com o presidente do Sindimoto e presidente da Federação Brasileira dos Motociclistas Profissionais (Febramoto), Guilherme Almeida Santos, na próxima terça-feira a categoria fará uma paralisação em todo o país. A Febramoto representa motoboys nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Paraná, Alagoas e Pernambuco.

“Assim como os caminhoneiros, também somos transportadores de encomendas, ainda que de menor volume, e reivindicamos que o mesmo incentivo que está sendo negociado para eles seja estendido para a nossa categoria”, diz Santos.

  • O acordo negociado com os caminhoneiros prevê que desconto de 10% sobre o preço do diesel por 30 dias, que a Petrobras vai assegurar periodicidade mínima de 30 dias para eventuais reajustes do combustível nas refinarias. Além disso, o governo estudará a isenção de PIS/Cofins e Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (Cide) do diesel.

    “Queremos a redução de impostos da gasolina, porque como está não conseguimos mais trabalhar”, enfatiza o representante sindical.

    A manifestação desta tarde terá início no Brooklin, Zona Sul da capital paulista, e seguirá pelas avenidas 23 de maio e Bandeirantes. O encerramento será na Paulista em frente aos prédio da Petrobras.

    Continua após a publicidade
    Publicidade