Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mosaic reduz produção diante da queda de preços

Por Da Redação 3 fev 2012, 15h34

Por Filipe Domingues

Nova York – A fabricante norte-americana de fertilizantes Mosaic afirmou nesta sexta-feira que vai reduzir a produção de potássio em até 20% de fevereiro a maio. Trata-se de mais um caso de companhia que recua diante da queda dos preços. “O sentimento de cautela entre os revendedores continua atrasando as compras e reduzindo a demanda por potássio”, disse o presidente e CEO da companhia, Jim Prokopanko.

A Mosaic, maior produtora mundial de potássio, já havia anunciado redução na produção de fosfato em dezembro. Mas a companhia até o momento vinha resistindo em fazê-lo, apesar dos cortes entre outros concorrentes. Prokopanko declarou no mês passado que o mercado potássio estava “em equilíbrio para nossa situação”.

A Potash Corp of Saskatchewan, membro da exportadora norte-americana Canpotex, anunciou duas rodadas de cortes na produção recentemente. Nas últimas semanas, a produção foi limitada em cerca de 1,3 milhão de toneladas, também como reação à queda da demanda. No entanto, a companhia disse que continua comprometida com seu plano de expandir a produção até 2015 para 17 milhões de toneladas, ante 11 milhões de toneladas atuais.

A companhia russa de fertilizantes Uralkali também sinalizou que vai diminuir a produção. Executivos do setor de fertilizantes retrataram a atual fraqueza nos preços e o excesso de oferta como fatores temporários. Segundo Prokopanko, apesar da cautela dos revendedores, “a economia agrícola permanece forte”. Ele espera ver embarques recorde de potássio em 2012. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade