Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Moody’s rebaixa rating de 16 bancos espanhois

Agência alerta para decradação das condições adversas das instituições financeiras, a rápida deterioração da qualidade dos ativos, etc

A agência de classificação de risco Moody’s anunciou nesta quinta-feira o rebaixamento do rating de crédito de 16 grandes bancos espanhois, inclusive do grupo Santander e do BBVA. As justificativas da agência são a degradação das condições adversas nas quais as instituições financeiras operam, a menor solvência do crédito do país, a rápida deterioração da qualidade dos ativos e as restrições no acesso aos mercados de capitais.

Os correntistas do banco espanhol nacionalizado Bankia sacaram mais de 1 bilhão de euros (1,3 bilhão de dólares) da instituição na última semana, em um sinal da pouca confiança, publicou um jornal nesta quinta-feira. As ações do Bankia chegaram a cair 26% nesta quinta-feira e fecharam com perdas de 17%.

No dia, a Espanha também confirmou sua entrada em recessão, com os números definitivos do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre. Em relação aos últimos três meses de 2011, a economia espanhola contraiu 0,3%.

As notas de dívida e de depósito caíram em um ponto para cinco bancos; em dois pontos para três instituições e em três pontos para nove bancos. Os ratings de curto prazo para treze instituições financeiras também foram reduzidos entre um e dois pontos. As perspectivas de dívida e depósito para dez bancos estão agora negativas. Entre os afetados estão o Banco Santander, Banco Español de Crédito (Banesto), Santander UK, Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA), Caixabank, Caja de Ahorros y Pensiones de Barcelona, Caja Rural de Navarra, Banco Cooperativo Espanol, Bankinter, Ceca, Caja Rural de Granada, Liberbank, Cajamar, Lico Leasing e Regulatory Disclosures.

(com EFE)