Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Moody’s rebaixa rating da Espanha para “Baa3”

Rebaixamento de mais três degraus mostra temor com endividamento do país

A agência de classificação de riscos Moody’s cortou o rating da Espanha em três degraus nesta quarta-feira, de “A3” para “Baa3”. A justificativa é que o recente plano da zona do euro aprovado para ajudar os bancos do país vai aumentar o problema da sua dívida. O rating está em análise para outros possíveis rebaixamentos, que podem ocorrer nos próximos três meses.

A Moody’s também citou o “limitado” acesso do governo espanhol aos mercados financeiros internacionais e a fraqueza da economia do país. Um porta-voz do Ministério da Economia da Espanha em Madri se recusou a comentar a decisão da agência.

“A contínua fraqueza da economia espanhola faz do enfraquecimento da força financeira do país e sua crescente vulnerabilidade a uma interrupção súbita no financiamento uma preocupação mais séria do que seria o caso se houvesse expectativa razoável de crescimento econômico vigoroso nos próximos anos”, informou a Moody’s em nota.

Ministros das Finanças da zona do euro concordaram no sábado em emprestar à Espanha até 100 bilhões de euros para resgatar seus bancos em dificuldades. Madri informou que especificará precisamente o valor necessário assim que auditorias independentes apresentem seus resultados em pouco mais de uma semana.

O rating da Moody’s coloca o país dois degraus acima de status “lixo”. A Standard & Poor’s classifica a Espanha dois degraus acima, a “BBB+” com previsão negativa.

A Fitch reduziu o rating da Espanha em três degraus em 7 de junho para “BBB”, um degrau acima da Moody’s, e afirmou previsão negativa para seu crédito.

(Com Reuters)