Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Monti diz que Itália pode buscar ajuda de fundo, mas não agora

Premiê italiano também disse que não sabe se o acordo alcançado por líderes da UE nesta sexta-feira será suficiente para acalmar os mercados

Por Da Redação 29 jun 2012, 10h57

A Itália pode pedir ajuda dos fundos de resgate da União Europeia para reduzir o juro pago por seus títulos, embora não tenha planos de fazer isso imediatamente, afirmou nesta sexta-feira o primeiro-ministro, Mario Monti.

“A Itália não planeja ativar o mecanismo por enquanto, mas não excluo nada para o futuro”, disse Monti, acrescentando que o mecanismo foi concebido exatamente para países como a Itália, que cumprem as recomendações de finanças públicas da UE.

Monti também disse que não sabe se o acordo alcançado por líderes da UE nesta sexta-feira será suficiente para acalmar os mercados, que levaram os custos de empréstimos de 10 anos italianos para cerca de 6 por cento nas últimas semanas.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade