Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Minoritários da Schincariol vão recorrer de decisão do TJ

Tribunal derrubou liminar, movida pelos minoritários, que impedia venda do bloco de controle da cervejaria à japonesa Kirin

Por Da Redação 11 out 2011, 16h52

Os advogados da Jadangil, que reúne os acionistas minoritários da Schincariol, divulgaram comunicado no qual afirmam que já trabalham em um recurso contra a decisão da Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo que revogou, hoje, por unanimidade, a liminar que suspendia a venda de 50,45% da cervejaria para a japonesa Kirin. “Diante do surpreendente julgamento, a defesa dos minoritários informa que já elabora recurso contra a decisão”.

“A Câmara Reservada de Direito Empresarial admitiu que a venda das ações da Schincariol violou o direito de preferência dos acionistas minoritários mas, ao mesmo tempo, decidiu que, como a compradora já fez o depósito relativo à compra, por ‘razoabilidade’, o negócio irregular deve ser tocado em frente ‘para não prejudicar a empresa’, acrescentam os advogados.

A liminar que foi derrubada havia sido pedida pela Jadangil e concedida pela juíza Juliana Morais Bicudo, da 1ª Vara Civil de Itu (SP). O controle da Schincariol foi vendido à Kirin pelos irmãos Adriano e Alexandre Schincariol, reunidos na empresa Aleadri.

Publicidade