Ministros das Finanças da zona do euro cancelam encontro e mercados reagem

Líderes preferiram esperar o resultado da reunião dos chefes de estado, marcada para o mesmo dia, para depois se reunirem

Por Da Redação - 25 out 2011, 12h06

No Brasil, a Bovespa apresentava baixa de 1,21%

A menos de 24 horas do início do Ecofin, a reunião dos ministros das finanças da zona do euro, o encontro foi cancelado. Já a reunião de chefes de estado marcada para o mesmo dia continua confirmada, de acordo com informações da agência de notícia Reuters.

O motivo para o cancelamento é impossibilidade dos países em chegar a um acordo sobre os detalhes das propostas a serem discutidas no encontro. As posições divergem em relação à questão da dívida grega, a ampliação do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF), além de como proceder em casos de outros países necessitarem de resgates da zona do euro. Segundo Herman Van Rompuy, presidente do Conselho Europeu, os ministros das Finanças do bloco devem se encontrar nos próximos dias para discutir detalhes das decisões tomadas pelos chefes de estado. Mas ainda não há nenhuma data definida.

Os mercados reagiram mal à notícia. Às 12h47 (Brasília), as bolsas de Nova York apresentavam quedas. O índice Dow Jones estava em baixa de 0,56 %, o pregão eletrônico Nasdaq caía 0,73 % e o índice Standard & Poor´s, também em queda de 0,77%. No Brasil, a Bovespa apresentava baixa de 1,21%.

Publicidade