Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ministro mexicano diz que economia brasileira dá sinais de aquecimento

Por Da Redação
23 Maio 2012, 16h17

Paris, 23 mai (EFE).- O secretário de Economia do México, Bruno Ferrari, ressaltou nesta quarta-feira que seu país tem um crescimento saudável sem os riscos de aquecimento econômico que, segundo sua opinião, demonstram Brasil e Argentina, e atribuiu isso a um modelo ‘mais ordenado’ e ‘um ambiente mais robusto’.

‘Nosso crescimento não tem riscos de reaquecimento’, ressaltou Ferrari em entrevista coletiva em Paris, onde participava da reunião ministerial anual da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Destacou que a inflação nos últimos quatro anos foi a mais baixa em quatro décadas, e em discurso com uma clara abordagem eleitoreira defendeu a ação de seu governo, e em particular os resultados do comércio exterior.

Ferrari lembrou que o México é o principal exportador da América Latina e o 10º em nível mundial, que em 1993 o comércio exterior representava 23% do Produto Interno Bruto (PIB) e agora 66%, e que seu ritmo de progressão é de 10%, três vezes maior que o conjunto da economia. EFE

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.