Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mineradoras devem substituir importações, fixa Argentina

Por Marina Guimarães, correspondente

Buenos Aires – O governo da Argentina tornou oficial, nesta segunda-feira, a medida que exige das companhias de mineração um plano para substituir importações. Segundo duas resoluções publicadas no Diário Oficial, as empresas terão de criar um departamento específico em suas unidades para administrar o processo de substituição de importações. Além disso, as companhias ficam obrigadas a apresentar suas demandas de equipamentos e insumos, com um prazo antecipado de 120 dias aos cronogramas de seus projetos.

Os cronogramas deverão ser atualizados e analisados trimestralmente pelo Grupo de Trabalho de Avaliação Técnica de Mineração, criado com a resolução. Ambas as medidas são da Secretaria de Mineração e fazem parte da política da presidente Cristina Kirchner de desenvolver e dar prioridade à indústria nacional de máquinas, equipamentos, serviços e insumos.

As empresas, entre elas a Vale, já tinham sido avisadas da nova exigência há cerca de 20 dias, durante reunião com a secretária de Indústria, Débora Giorgi. O governo argumenta que o objetivo é preservar as fontes de trabalho e criar novas vagas no mercado doméstico.