Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Mineiros chilenos são resgatados com vida após ficarem presos em jazida

Por Da Redação - 23 maio 2012, 09h19

Santiago do Chile, 23 mai (EFE).- Dois mineiros que permaneciam presos desde ontem numa pequena jazida de carvão no sul do Chile foram resgatados com vida nesta quarta-feira, informaram as autoridades do país.

Richard Pérez Jara, de 21 anos e Reinaldo Brevis Jaque, de 39, permaneceram 22 horas soterrados a 150 metros de profundidade na mina ‘Buen Retiro’, nos arredores de Coronel, a cerca de 540 quilômetros de Santiago. O acidente ocorreu às 4h local (5h de Brasília) desta terça-feira.

O resgate ocorreu na madrugada de hoje. Os dois mineiros estavam em boas condições de saúde mas foram encaminhados para um centro médico para fazer uma avaliação.

‘Estamos bem, a temperatura na mina era normal’, disse Richard Pérez após ser retirado do local.

Publicidade

Muitos trabalhadores da mina participaram do resgate, que foi feito por um túnel de apenas 60 centímetros de diâmetro, o que dificultou a operação.

A província de Arauco, onde fica a mina, viveu durante mais de um século e meio da mineração do carvão, até que os altos custos de produção diminuíram a prática da atividade.

No entanto, várias minas médias e pequenas continuaram funcionando em precárias condições de segurança. EFE

Publicidade