Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Microsoft anuncia corte de 7.800 vagas de trabalho

Segundo comunicado, empresa americana precisa se desfazer de 7,6 bilhões de dólares em ativos

Por Da Redação 8 jul 2015, 12h15

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira que vai cortar 7.800 vagas de trabalho em uma iniciativa para reduzir custos na área de negócios de hardware para celulares. “Nós estamos mudando de uma estratégia de crescer em um negócio apenas de telefone para crescer e criar um vibrante ecossistema Windows”, afirmou o diretor executivo Satya Nadella em comunicado.

Os 7.800 postos de trabalho representam cerca de 6,5% dos efetivos totais do grupo, que não informou em quais países ou cidades irão ocorrer as demissões. A empresa vai demitir funcionários principalmente das atividades de telefonia. Com isso, a companhia espera levantar 7,6 bilhões de dólares pela depreciação dos ativos, segundo o comunicado.

As demissões afetarão especialmente as atividades assumidas com a compra da fabricante finlandesa de telefones Nokia, concluída no ano passado.

O sistema operacional Windows para smartphone não alcançou os resultados esperados, sobretudo porque o sistema dos concorrentes – iOS, da Apple, e o Android, do Google – já operam na maioria dos aparelhos.

No ano passado, a Microsoft deu início a uma das maiores demissões na história do setor de tecnologia, cortando 18 mil empregos, ou 14% de seu quadro de funcionários.

Leia também:

Quase 35 mil trabalhadores estão em férias coletivas na Zona Franca de Manaus

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade