Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Renata Spallicci tornou-se uma referência feminista e prova que as mulheres podem ser tudo o que quiserem ser

Renata Spallicci (Foto: Thaiz Cardoso)

Ela é muitas mulheres em uma só. Conheça mais sobre a vida e a rotina por trás de suas muitas atividades e motive-se com seu exemplo de perseverança e foco.

SÃO PAULO, 15 de Fevereiro de 2019 — Bela, dinâmica, empoderada, engajada em causas sociais e polivalente: Renata Spallicci é um tipo de mulher maravilha da vida real: Executiva de uma grande empresa, a Apsen Farmacêutica. Diva Fitness e atleta profissional, que compete em torneios de alto nível internacionais. Escritora, colunista e palestrante motivacional, Renata organiza eventos públicos como o Fit do Bem, e programas de personal coach e emagrecimento como o Finalmente Magro, Renata busca empoderar aqueles que seguem e admiram seu trabalho, através de uma mensagem de auto estima, bem estar, fitness e saúde.

De seu escritório na zona sul da cidade de São Paulo, Renata nos concedeu entrevista exclusiva, e contou um pouco sobre sua história de vida, seu engajamento em causas sociais e atuação em defesa dos direitos das mulheres, além de sua atuação como influenciadora digital nas redes sociais, blogues, e no YouTube, e compartilhou um pouco dos seus desafios, conquistas e planos para o futuro em todas as áreas em que atua, e que são de fato são muitas.

Muitos conhecem a Renata do fitness, Diva Fitness, mas existe muito mais a ser dito. Você é uma mulher polivalente, que desempenha muitas funções. Nos conte um pouco sobre as suas principais atribuições

A verdade é que eu acredito que a gente não se define pelas nossas atividades, funções ou profissões, sabe? Então, eu penso que eu posso ser tudo que eu quiser ser, e quero empoderar as pessoas para que também sejam tudo que um dia sonharam ser .

Minha carreira original é como executiva, mas com o tempo fui vendo que eu tinha tantas outras paixões e propósitos que não podia simplesmente ficar em uma caixinha e deixar a vida passar por mim.

Minha primeira aventura “fora” da carreira, foi com meu blog. A partir dali, outras portas foram se abrindo e eu fui deixando acontecer naturalmente. Por causa do blog, por exemplo, eu passei a treinar com mais disciplina para poder falar com propriedade sobre o tema que eu tanto amo. Como sou intensa em tudo o que faço, quando vi, lá estava eu competindo.

Aí realmente uma coisa puxa a outra e do blog passei a palestrar, das palestras surgiu meu livro “Do Sonho à Realização”. Depois, passei a ser coach, já que também tenho formação na área. Criei o movimento Fit do Bem, lançamos também o programa Finalmente Magro, enfim. Mas a verdade é que todas as faces que tenho são da mesma pessoa que tem um propósito único, de inspirar as pessoas para que elas tenham uma vida mais plena e saudável.

Renata Spallicci é diretora executiva na Apsen Farmacêutica e passa parte do seu dia em seu escritório, na zona sul da capital paulista. (Foto: Thaiz Silva)

Por que você decidiu envolver-se em tantas coisas ao mesmo tempo? Como consegue gerir todas essas atividades e ocupações?

Como eu disse anteriormente, não foi uma decisão, mas sim algo que foi acontecendo de forma natural. E, para dar conta de tudo, acredito que ter disciplina e foco é fundamental. Vejo que as pessoas desocupadas são as que mais têm problema de agenda, porque tudo pode ficar para depois. Como eu tenho meus horários mega apertados, se eu não cumpro algo, vira um atropelo. Então, sou necessariamente muito organizada com meus compromissos.

Gosto de me engajar também em causas sociais, como faremos no desfile deste ano da Acadêmicos do Tatuapé, onde eu e toda a Corte da Escola levantaremos a bandeira do feminismo e da luta por igualdade de direitos, por reconhecimento e justiça social.

Renata Spallicci e a Corte da Acadêmicos do Tatuapé no Anhembi estendem a bandeira do feminismo e da luta por justiça social. (Foto: Reprodução)

Como começou a sua história com o fitness? O que a motivou a levar isto em sua vida ao nível profissional e competir em torneios internacionais?

Eu sou bailarina desde a infância e sempre tive amor pelo esporte. Na época da faculdade tive que me afastar da dança, e aí passei a fazer musculação como alternativa ao ballet. Só que aí o fitness me conquistou e, desde então, passei a treinar com muita seriedade, mas sem um objetivo definido. Até que no final de 2016, achei que eu precisava de uma meta maior para sair da minha zona de conforto nos treinos, e resolvi realizar um antigo sonho e me inscrever em uma competição fitness. Em 2017 fiz minha primeira competição no WBFF e logo de cara faturei um terceiro lugar. Aí fui mordida pelo “bichinho da competição” de vez e eu não parei mais. Tornei-me atleta profissional e venho competindo desde então.

Renata Spallicci em ensaio conceitual fitness nos Estados Unidos. (Foto: Dan Galic)

Você é engenheira química de formação. Sempre se interessou por essa área? O que a fez estudar engenharia?

Eu sempre tive o sonho de ser uma executiva de sucesso, e a engenharia química foi uma formação que eu imaginei que poderia me impulsionar na carreira, já que minha família tem uma indústria farmacêutica. Mal imaginava eu que, logo no meu primeiro dia de trabalho, meu pai me colocaria para carregar caixas no almoxarifado. Mas até hoje o agradeço pelo aprendizado que ele fez eu passar antes de assumir funções realmente diretivas na empresa.

Você também é uma coach certificada. Como surgiu o Programa Finalmente Magro? Qual tem sido pra você a repercussão deste projeto? Que resultados tem sido obtidos por clientes?

O Finalmente Magro nasceu do meu sonho de inspirar as pessoas e ajudá-las a buscarem o corpo que sempre sonharam. E não estou dizendo um corpo de atleta como o meu, mas um corpo que a pessoa se sinta bem e com a auto estima elevada.

Eu fui uma adolescente gordinha e isso me causou sérios problemas, com o ballet e até mesmo de sofrer bullying. Então imagina. Eu sou daquelas que tentou todas as dietas que se pode pensar. E dando muita cabeçada, estudando muito, conversando com muitos especialistas, cheguei a um método de emagrecimento que realmente funciona. Aprimorei este método com nutricionistas e educadores físicos e criei um programa 100% on-line de custo acessível e que funciona para todos os tipos de pessoas.

Sobre a repercussão, nada é mais gratificante do que receber depoimentos de pessoas que não só perderam peso, mas ressignificaram suas vidas com o Programa.

Evento de lançamento do livro “Do Sonho à Realização”. (Foto: Divulgação)

Você também é escritora e dona de uma editora, a Legacy. Seu livro, “Do Sonho à Realização”, traz uma mensagem de motivação, de que com perseverança é possível conquistar. No entanto, apesar do seu livro falar de sonhos, a impressão que se tem ao ver sua trajetória de vida é que você já conquistou tudo que queria. Você ainda tem sonhos? Quais são? Quais os seus próximos passos e objetivos?

Se deixar de sonhar o ser humano morre! Eu realizei muitos sonhos, é verdade, mas ainda há muito por realizar. Sempre fui uma sonhadora, mas por muito tempo só me frustrava por não conseguir alcançar tudo aquilo que imaginava. Mas com o tempo encontrei um modo de transformar meus sonhos em realização, e é isso que meu livro conta. Mas isso não quer dizer que eu parei de sonhar.

Por exemplo, agora vou desfilar como Musa da Bateria da Acadêmicos do Tatuapé, e este é mais um sonho se realizando. Quero ainda buscar o título mundial de fisiculturismo, levar minha mensagem para mais e mais pessoas. Enfim, a cada dia nasce um novo sonho, e eu sou uma fábrica deles (risos).

Além do seu livro, você tem um blog atualizado semanalmente, um canal no YouTube, e é colunista da ESPN. Tudo isso certamente também demanda que você dedique tempo a gerar conteúdo direcionado a todos eles. De onde vem as inspirações para as multiplataformas em que você atua e qual delas foi o ponto de partida para você escrever o seu livro?

Minha cabeça não para. Tudo que eu faço, vejo e escuto é matéria-prima para todos os meus canais de comunicação. Eu amo gerar conteúdo e compartilhar com as pessoas. Quando eu comecei o blog, eu tinha receio de não ter assunto para o próximo mês. Hoje, três anos depois de iniciar o site, o medo é de não ter espaço para tanto assunto. E o livro foi uma consequência do blog e das minhas palestras. As pessoas queriam saber como eu transformei a minha vida para poderem também transformar as delas, e foi isso que coloquei nas páginas do livro.

Renata sofria bullying na adolescência, e agora ostenta um corpo escultural. (Foto: Dan Galic)

Na infância você sofreu bullying por ser gordinha. E hoje? Você é plenamente feliz com o seu corpo e com a sua aparência? O que você mudaria ou ainda pretende mudar? Que vantagens e benefícios você percebeu na sua vida e na sua saúde como consequência dos seus novos músculos e de ter um corpo sarado?

Sim, eu sou plenamente feliz, mas não pelos músculos que conquistei, e sim porque, por meio do autoconhecimento, eu alcancei a aceitação das minhas fraquezas e fortalezas e sei que o que me torna única são justamente meus defeitos e virtudes. Claro que, como atleta, busco ser melhor a cada dia, mas, para mim, é mais uma competição mental contra meus próprios limites, do que uma prova de espelho. Sobre os benefícios para a minha saúde, creio que a vida regrada de atleta é benéfica. Eu não bebo e não como industrializados. Levo um estilo de alimentação muito saudável e isso é essencial para a saúde. Mas, de novo, eu acredito que os maiores benefícios do esporte estão na minha evolução e fortalecimento mental. É isso que tanto me fascina no fisiculturismo e o que me faz ter disciplina e força para continuar.