Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mercosul e União Europeia estão mais perto de ‘troca de ofertas’

Para a embaixadora Ana Paula Zacarias, países da América do Sul possuem interesse político e econômico em estabelecer acordo com a zona do euro

Por Da Redação 28 mar 2014, 11h29

A embaixadora da União Europeia no Brasil, Ana Paula Zacarias, afirmou, na quinta-feira, que as trocas de “ofertas complexas” para um acordo de livre comércio entre o bloco europeu e os parceiros do Mercosul devem ocorrer entre fim de maio e início de junho, antes do início da Copa do Mundo. “Importante foi perceber, em várias declarações e gestos, que é uma oferta conjunta dos quatro países do Mercosul”, disse, antes de almoço com diversos embaixadores europeus em sua residência oficial, em Brasília. “Há interesse político e econômico.”

A embaixadora, de origem portuguesa, declarou estar confiante na parceria após a recente visita da presidente Dilma Rousseff a Bruxelas, quando o acordo UE-Mercosul foi tratado. “São ofertas complexas, que incluem serviços, agricultura, compras governamentais. Mas tenho certeza de que poderemos fazer a troca em breve, em junho ou fim de maio”. A chefe da delegação europeia usou uma figura de linguagem para traduzir seu tom otimista. “É um casamento. Agora, sabemos como será o vestido da noiva, mesmo sem saber ainda o rosto da noiva. Mas já podemos pensar na gravata e no terno do noivo”, afirmou.

Leia também:

Para Azevêdo, acordo entre Mercosul e UE não pode ser atrapalhado pela Argentina

Mercosul tenta fechar proposta de acordo com a UE

Para Dilma, atrito na OMC não afetará acordo entre União Europeia e Mercosul

Espera – As negociações dentro do bloco europeu ainda não começaram. Além disso, o acordo está em compasso de espera pelas tratativas entre Brasil e Argentina para fechar uma oferta oficial do Mercosul. Nesta semana, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Mauro Borges, afirmou que a oferta argentina cobrirá 90% das linhas tarifárias – o Brasil chegou a 92% desse total.

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade