Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Mercosul deve anunciar fim de roaming internacional na quarta-feira

Medida se alinha com práticas da UE; para entrar em vigor, proposta deverá ser aprovada pelo parlamento de cada país do bloco

Por Da Redação 14 jul 2019, 14h29

O Mercosul deverá anunciar na quarta-feira, 17, em Santa Fé, na Argentina, o fim da cobrança de roaming internacional para os países que formam o bloco, segundo informações publicadas pelo jornal argentino La Nación. Para entrar em vigor, a medida deverá ser aprovada pelo parlamento de cada país.

O serviço de roaming é prestado por operadoras de celular quando seu cliente está fora do Brasil.

De acordo com o La Nación, em princípio, cogitava-se adotar uma forma “progressiva” de eliminação da cobrança de roaming, mas, no fim, optou-se por encerrá-la imediatamente. Isso teria sido acordado com as empresas de telecomunicações.

A medida se alinha com as práticas da União Europeia (UE), que aboliu a cobrança de roaming internacional em junho de 2017. Nos 28 Estados-membros do bloco, o usuário paga os mesmos preços praticados pela operadora da qual é cliente nos serviços de ligações telefônicas, SMS e internet móvel, independente de onde estiver.

No fim do ano passado, Brasil e Chile já tinham firmado um acordo para o fim da cobrança de roaming, mas a mudança ainda não entrou em vigor. Também não há prazo previsto para o fim da cobrança começar a valer no Mercosul.

A 54ª Reunião do Conselho do Mercosul dos presidentes dos países que formam o Mercosul – Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai – será a primeira após o anúncio do acordo comercial com a União Europeia. O evento também marcará a transmissão da presidência rotativa do bloco para Jair Bolsonaro.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)