Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Mercedes-Benz investirá R$ 500 milhões em nova fábrica no Brasil

As novas instalações serão em Iracemópolis, no interior de São Paulo, cuja produção prevista de carros de passeio está em 20 mil unidades por ano

Por Da Redação - 1 out 2013, 13h30

O presidente mundial da Mercedes-Benz, Andreas Renschler, e o presidente da montadora no Brasil, Philipp Schiemer, anunciaram oficialmente nesta terça-feira a nova fábrica no Brasil, que será localizada em Iracemópolis, no interior de São Paulo. Os dois executivos estiveram em audiência com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, nesta terça, quando apresentaram ao governo os investimentos. O anúncio já era esperado pelo setor.

Assim, a partir de 2016 a Mercedes contará com três fábricas no país, sendo que a nova marcará o retorno da companhia na produção de veículos de passeio. As outras duas fábricas produzem caminhões em Juiz de Fora (MG) e São Bernardo do Campo (SP). De acordo com os executivos, a nova fábrica da Mercedes deverá produzir, num primeiro momento, o modelo Classe C e, depois, o GLA.

Leia mais:

Anúncio que mostra a morte de Hitler criança ganha prêmio em Berlim

Publicidade

Mercedes-Benz anuncia recall de caminhões Axo

Segundo Renschler, a fábrica, quando completa, criará 1.000 empregos diretos. O investimento previsto para o projeto é de 500 milhões de reais e a capacidade de produção projetada para a nova unidade de Iracemópolis é de 20 mil unidades por ano. “Confiamos no futuro do país, daí a decisão de produzir veículos de passeio”, disse o CEO mundial.

Já o presidente da Mercedes no Brasil, Philipp Schiemer, argumentou que a montadora prevê um crescimento expressivo, a “médio prazo”, do mercado de luxo no País, em que a empresa entra agora com a fábrica em Iracemópolis. De acordo com ele, esse mercado, hoje de 30 mil unidades ao ano, pode chegar a 100 mil unidades.

(com agência Reuters)

Publicidade