Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mercado financeiro eleva previsão de inflação para 2011

Por Da Redação 30 ago 2010, 09h41

A estimativa do mercado para o crescimento do PIB neste ano ante 2009 foi reduzida de 7,10% para 7,09%, ficando praticamente estável

O mercado financeiro elevou sua projeção de inflação para o ano que vem, segundo a pesquisa semanal Focus divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central. Os analistas consultados pelo BC acreditam que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fique em 4,87% em 2011. Na pesquisa anterior, a estimativa era de 4,86%. Para 2010, porém, o mercado voltou a reduzir sua expectativa de inflação, de 5,10% para 5,07%.

No caso da inflação de curto prazo, o mercado reduziu de 0,19% para 0,17% a previsão para o IPCA de agosto. Para a inflação de setembro, o mercado continua prevendo um índice de 0,36%, de acordo com a pesquisa Focus.

A projeção para a taxa básica de juros, a Selic, para o fim deste ano continuou em 10,75%, o patamar atual. Ou seja, os economistas consultados pelo BC acreditam que os membros do Copom não farão mudanças na taxa de juros na reunião desta semana. Para o final de 2011, a projeção permaneceu estável em 11,50% ao ano.

PIB – O mercado também reduziu a previsão para a expansão do PIB em 2010, de 7,10% para 7,09%. Para 2011, a previsão para o PIB foi mantida em um crescimento de 4,50%. No mesmo levantamento, a estimativa para a produção industrial em 2010 recuou de 11,49% para 11,47%. Para o ano que vem, a projeção para o avanço da indústria seguiu em 5,00%.

Para a cotação do dólar, não houve alteração, com projeção de uma taxa de câmbio de 1,80 real no final deste ano e de 1,85 real em 2011.

Continua após a publicidade
Publicidade