Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Mercado financeiro eleva perspectiva de inflação para 2012

Projeção para produção industrial também apresentou piora, segundo Focus

Por Da Redação 1 out 2012, 09h26

O mercado financeiro aposta em alta da inflação neste ano. É o que indica a pesquisa semanal Focus divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central. Os economistas ouvidos pelo BC ainda reduziram a estimativa para a produção industrial em 2012.

No caso do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do governo, é esperada uma alta de 5,36%, ante 5,35% da pesquisa anterior. Apesar de pequena a variação entre as projeções, o movimento indica que a inflação está se distanciando do centro da meta do governo, de 4,5% para este ano. Esta é a 12ª semana consecutiva que os analistas ouvidos pelo BC elevam sua expectativa para o IPCA. Para 2013, por outro lado, a expectativa caiu de 5,50% para 5,48%.

No caso da produção industrial, os analistas, novamente, pioraram a expectativa e projetam agora um recuo de 1,92% – no levantamento anterior, a perspectiva era de queda de 1,82%. A projeção para o ano que vem também diminuiu, deixando a casa de 4,25% de expansão para 4,10%. A indústria tem sido o setor que mais sente a crise econômica mundial e a diminuição do consumo, puxando o Produto Interno Bruto (PIB) para baixo.

Leia mais:

Prévia do PIB desacelera e sobe 0,42% em julho

Continua após a publicidade

“Brasil vai crescer menos do que os EUA”, diz Forbes

Brasil cresce 0,4% no segundo trimestre

Há duas semanas, o governo reduziu sua estimativa para o PIB deste ano, passando-a de 3% para 2%, na revisão bimestral do Orçamento de 2012 divulgada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Contudo, técnicos do BC se mostraram mais conservadores e, na semana passada, anunciaram a expectativa de 1,6% de crescimento para este ano, contra 2,5% da previsão anterior. O porcentual está muito próximo da estimativa de 1,5% de expansão para o PIB deste ano feita por uma instituição financeira internacional, que foi considerada, na ocasião, “uma piada” pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.

No relatório Focus desta semana, os economistas mantiveram sua projeção para o PIB em 1,57% em 2012 e 4% em 2013.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês