Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mercado financeiro descarta aumento dos juros em 2013

Economistas ouvidos pelo Banco Central acreditam que a Selic será mantida em 7,25% no próximo ano - e voltam a elevar a previsão de inflação em 2012

Por Da Redação 12 nov 2012, 08h15

Analistas do mercado financeiro não esperam que a taxa básica de juros da economia, a Selic, sofra reajuste no ano que vem. De acordo com a pesquisa semanal Focus divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central, o mercado prevê que a taxa se mantenha no patamar atual de 7,25% em 2013. Na semana anterior, os economistas ouvidos pelo BC esperavam alta de 7,63% da Selic para o próximo ano. Os integrantes do Comitê de Política Monetária (Copom) baixaram, em sua última reunião, a Selic para 7,25%, patamar mínimo inédito no país. A expectativa dos analistas ouvidos pelo BC é de que a taxa não caia mais este ano.

Mais pessimistas após a divulgação dos números da inflação em outubro – o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo IBGE, subiu a 0,59% no mês passado -, os analistas voltaram a elevar a projeção para a inflação neste ano, e agora esperam alta de 5,46%, ante 5,44% projetados na semana passada.

Os analistas consultados ainda mantiveram a expectativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2012 em 1,54% para 2012 e 4% para 2013.

Já para a produção industrial, indicador importante dado que tem puxado o PIB para baixo, os economistas esperam ainda mais queda, passando a estimativa de -2,31% da semana passada para -2,32% nesta semana. Esta é a sétima semana de baixa na expectativa para 2012. Para o ano que vem, o crescimento esperado para a indústria caiu de 4,15% para 4,10%.

Leia mais:

IBGE: produção industrial cai em 12 de 14 regiões do país

Emprego industrial recua 1,4% no ano, segundo IBGE

Varejo se recupera e cresce 2,3% em outubro

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade