Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mercado espera expansão econômica de apenas 1,10% em 2014

Segundo relatório Focus, projeções para 2015 também caíram de 1,60% para 1,50%

A estimativa de economistas ouvidos pelo Banco Central (BC) para o relatório Focus dessa semana mostra claramente que o Brasil perde cada vez mais fôlego. Na mediana das análises, o mercado espera crescimento de apenas 1,10% para o Produto Interno Bruto (PIB) neste ano, ante 1,16% na semana passada. Há a mês, a expectativa era de 1,50%, o que mostra a forte queda na confiança da recuperação econômica do país. Para 2015 o cenário é o mesmo: a projeção média caiu de 1,60% para 1,50% desde a semana passada – há um mês estava em 1,85%.

A produção industrial, setor que recentemente foi contemplado com mais medidas de estímulo pelo governo, está com projeção de retração de 0,14% em 2014. Há quatro semanas, a expectativa era de crescimento de 1,24%. Em 2015, os economistas ainda esperam expansão da atividade, de 2,20%, 0,10 ponto porcentual abaixo do relatório anterior.

Leia mais:

A menos de quatro meses da eleição, governo lança pacote para agradar empresários

Inflação do aluguel registra queda de 0,74% em junho

Por fim, o Focus não mostrou alterações na expectativa de juros e inflação. O mercado espera que a Selic finalize 2014 e 2015 em 11% e 12%, respectivamente. Já a projeção para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) está em alta de 6,46% neste ano e 6,10% em 2015. Ambos estão bem próximos do teto (limite) da meta do governo, de 6,5%.